Uma experiência única para quem ama observar a natureza e praias

Se você é um amante de cidades que proporcionam experiências inesquecíveis, prepare-se para testemunhar um espetáculo natural e singular ao explorar São Luís. A capital maranhense oferece aos visitantes a chance de vivenciar a maior variação de marés do Brasil e a terceira maior do mundo. Um fenômeno fascinante que só pode ser apreciado nas belas praias que cercam a Ilha.

Em um curto intervalo de apenas seis horas, a diferença entre preamar e baixa mar pode atingir incríveis oito metros. A Baía de São Marcos é um exemplo dessa maravilha natural, proporcionando uma experiência única de mudança constante nas praias de São Luís. Durante a maré alta, a faixa de areia na Ilha do Amor, como a cidade também é conhecida, praticamente desaparece, enquanto na maré baixa, a extensão da areia se estende por até dois quilômetros em direção ao mar.

Além de alterar a paisagem, as marés também influenciam a coloração das águas do mar em São Luís. Com um tom turvo, meio verde musgo, as águas tornam-se ainda mais intrigantes durante as marés de lua nova e cheia, quando a força das correntes arrasta sedimentos para o mar, intensificando a tonalidade.

Nas fases de quarto crescente e quarto minguante, as águas ganham transparência, revelando tons de verde e azul. Esse espetáculo natural é resultado do formato do litoral, das fases da lua e da proximidade com a Linha do Equador, proporcionando uma paleta de cores deslumbrante.

Logo, se você está planejando desfrutar de um passeio náutico é fundamental ficar atento à tábua das marés. Os horários de barcos e ferrys-boat estão diretamente ligados à maré alta, garantindo uma partida tranquila e evitando encalhes. Não existe um horário padrão para chegadas e saídas; a única regra é que quem dita o ritmo é a maré!

São Luís desde a sua fundação tem sido carinhosamente apelidada com diversos nomes, entre eles, o de Atenas Brasileira. Este título não é apenas pomposo, mas uma homenagem à cidade repleta de escritores e poetas, que a imortalizam por meio de suas palavras.

A alcunha Atenas Brasileira faz referência à antiga Atenas, berço da civilização grega clássica e um centro de cultura, filosofia e conhecimento. Comparação que ganha vida em cada esquina, em cada fachada de azulejos coloniais e em cada nota de música que ecoa pelas ruas de São Luís.

Nesse lugar onde o passado e o presente se entrelaçam em uma celebração contínua da cultura, do conhecimento e da diversidade, os visitantes têm a oportunidade de explorar monumentos que homenageiam grandes nomes da literatura e da arte, assim como logradouros que serviram como inspiração para eles.

Conheça alguns dos nossos notáveis escritores e poetas

Maria Firmina dos Reis

A professora maranhense é considerada como a primeira romancista brasileira. Nascida nascida em São Luís, Maria Firmina dos Reis (1822 – 1917) tem como sua obra mais famosa o romance entitulado Úrsula (1859), que apresenta uma crítica à escravidão. 

Aluísio Azevedo

Autor de “O Mulato”, que denunciava o racismo na sociedade maranhense, em 1881, Aluísio de Azevedo foi um escritor, caricaturista, jornalista e diplomata (1857 – 1913). É membro fundador da Academia Brasileira de Letras. 

Josué Montello

Josué Montello (1917- 2006) é considerado um dos grandes escritores do século XX do Maranhão, autor de uma vasta obra, entre eles “Cais da Sagração” e “Os Tambores de São Luís”.

Nauro Machado 

Considerado dono de uma obra intensa e hermética, o poeta é reconhecido como um dos poetas mais importantes do Brasil do século XX.

Bandeira Tribuzi

Nascido em São Luís, Bandeira Tribuzzi (1927 – 1977) foi jornalista, professor, economista, filósofo, músico e compositor. É autor do hino de São Luís e é conhecido por ter iniciado o Modernismo no Maranhão com o livro de poesia ‘Alguma existência’. Atualmente uma das pontes mais importantes da cidade leva o nome de Bandeira Tribuzzi.

Ferreira Gullar

Poeta, dramaturgo, tradutor e crítico de artes plásticas, Ferreira Gullar (1930 – 2016) é autor de obras marcadas por diferentes fases de pesquisa estética, desde o experimentalismo e o lirismo até a poesia de cordel. Foi um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras, sendo considerado também um dos fundadores do concretismo e do neoconcretismo no Brasil.

Graça Aranha

Considerado um autor pré-modernista no Brasil, Graça Aranha (1868-1931) foi um dos organizadores da Semana de Arte Moderna de 1922 e um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras.

São Luís é uma cidade rica em história e cultura, mas também é palco de diversas lendas e histórias que foram passadas de geração em geração, enraizando-se no imaginário popular. Entre as narrativas mais marcantes, destacam-se a lenda da carruagem de Ana Jansen, a da Serpente, a lenda da Manguda e a da praia do Olho d’Água. Conheça mais sobre elas.

Lenda da carruagem de Ana Jansen

A lenda mais famosa, sem dúvida, é a da carruagem de Ana Jansen. Segundo o mito, Ana Jansen, conhecida como Donana, foi condenada a vagar eternamente pelas ruas do centro histórico de São Luís em uma carruagem fantasmagórica, devido às suas crueldades passadas. A carruagem, conduzida por um escravo ensanguentado e puxada por cavalos decapitados, parte do Cemitério do Gavião nas noites de sexta-feira. Apesar de a lenda focar na suposta crueldade de Ana Jansen, é interessante notar que ela foi uma respeitada líder política no século XIX, chefiando de fato o Partido Liberal no Maranhão imperial.

Lenda da Manguda

No final do século XIX, a lenda da Manguda assombrava a região da Praça Gonçalves Dias. Descrita como um fantasma com luz emanando do corpo, a Manguda causava medo entre os moradores. No entanto, a verdade veio à tona quando descobriram que as aparições eram, na realidade, bandidos contrabandistas fantasiados com lençóis, usando o folclore local para esconder suas atividades criminosas.

Lenda da praia do Olho D’água

Conta-se que, há muito tempo, uma aldeia indígena ocupava onde está localizada a praia do Olho d’Água. A filha do cacique Itaporama apaixonou-se por um jovem da tribo, mas o rapaz também conquistou o coração da mãe d’Água. A entidade seduziu o jovem, levando-o para seu palácio encantado no fundo do mar. A filha de Itaporama, desolada, chorou até morrer e de suas lágrimas surgiram duas nascentes que deságuam no mar até hoje.

Assim, São Luís se revela não apenas como um lugar de beleza e história, mas como um cenário rico em lendas que, permeadas pelo mistério e pelo sobrenatural, refletem aspectos fascinantes da cultura e da imaginação popular dos moradores da ilha.

Há mais de quatro séculos, São Luís tem desempenhado um papel importante na história brasileira. Uma jornada que começou em 8 de setembro de 1612. Nessa época, uma expedição francesa comandada pelo conquistador Daniel de La Touche, Senhor de La Ravardière, partiu de Saint-Malo, na Bretanha (França), com o apoio da rainha regente Maria de Médicis. O objetivo era estabelecer uma colônia francesa nos trópicos, a “França Equinocial”, ação que deu origem à cidade que, em homenagem ao rei da França, recebeu o nome de São Luís.

Entretanto, o destino conspirou de maneira diferente, e em 1615, São Luís passou para o domínio português, encerrando o projeto francês. O Reino de Portugal, contudo, teve que enfrentar desafios para consolidar seu controle sobre essa ilha banhada de muitas águas e de marés com grandes variações.  Em 1641, os holandeses, que faziam um levante contra os domínios espanhóis em várias partes do mundo, chegaram a São Luís na tentativa de conquistar o recente Estado Colonial do Maranhão. Foram eles que fizeram o primeiro mapa detalhado da cidade e aumentaram o número de engenhos de açúcar na região, fazendo com que a produção se expandisse e ganhasse qualidade. Porém, em 1644 após uma violenta batalha, os holandeses foram expulsos de São Luís e deram início a um processo de incentivo a sua colonização.

Esse esforço da coroa portuguesa teve como ponto de partida a região do Centro Histórico de São Luís, que se tornou testemunha do esforço dos colonizadores em erguer uma cidade grandiosa e próspera por meio da mão de obra africana escravizada. Ao mesmo tempo, cabe ressaltar que aqui, franceses, holandeses e portugueses encontraram os primeiros habitantes dessa terra: os índios tupinambás, cuja cultura reflete até hoje na identidade da cidade. 

Nos séculos seguintes, a cidade recebeu como parte do processo de colonização européia povos africanos em processo de escravidão pelos portugueses. E assim, ao longo dos séculos, a cidade se desenvolveu como um ponto de convergência de influência cultural francesa, holandesa, portuguesa, africana e indígena, que hoje se misturam harmoniosamente, tornando São Luís um tesouro a ser descoberto pelos seus visitantes. 

Em 1997, a cidade foi reconhecida como Patrimônio Mundial pela UNESCO. E em 2019 recebeu o título de Capital Brasileira da Cultura e em 2023 de Capital Nacional do Reggae. Hoje, São Luís do Maranhão é uma cidade vibrante que mantém vivas as tradições do passado enquanto abraça a modernidade. Com uma infraestrutura turística de qualidade, a capital maranhense atrai visitantes em busca de uma experiência única que une história, cultura, gastronomia e belezas naturais. 

Foto: Biné

Guarda Municipal de São Luís

São Luís conta com uma guarda municipal formada por agentes de segurança treinados para melhorar a experiência dos turistas durante a sua estadia por meio da garantia do efetivo combate e prevenção da criminalidade e da desordem pública. 

Contato:  (98) 99186-6348 / 153

Batalhão de Polícia Militar do Turismo do Maranhão (BPTur)

O Batalhão de Polícia Militar do Turismo do Maranhão (BPTur) é a força policial especializada para garantir a segurança da comunidade nas regiões de intenso fluxo turístico de São Luís. 

Contato: (98) 98883-0820 / 190

1° Batalhão De Bombeiros Militar São Luís

Acione o Corpo de Bombeiros em caso de incêndios, acidentes de trânsito com vítimas, quedas que resultem em lesão, afogamentos ou acidentes domésticos (queimaduras, intoxicações).

Contato: 193 / (98) 98866-7628

UMA ILHA SOBRE O OCEANO

São Luís é uma ilha sobre o Oceano Atlântico que guarda consigo uma riqueza histórica, cultural e de beleza natural de tirar o fôlego até mesmo para quem vive aqui.

Mesmo sendo uma capital, a cidade imprime um ritmo menos acelerado, se comparada com outras capitais brasileiras. O que lhe traz um charme e que em conjunto com todos os seus atrativos proporciona uma experiência turística como nenhuma outra. 

Localizada na região Nordeste do Brasil, a cidade encontra-se no extremo norte do Maranhão ocupando boa parte de um território formado pelas cidades de São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar e que juntas formam a chamada região metropolitana de São Luís.

São Luís fica a 24 quilômetros de São José de Ribamar (MA).
São Luís fica a 28 quilômetros de Raposa (MA).
São Luís fica a 24 quilômetros de Paço do Lumiar (MA).
São Luís fica a 89 quilômetros de Alcântara (MA).

Distância de São Luís e as capitais brasileiras

São Luís fica a 436,9 quilômetros de Teresina (PI)
São Luís fica a 891 quilômetros de Fortaleza (CE)
São Luís fica a 1.170 quilômetros de Belém (PI)
São Luís fica a 1.251 quilômetros de Palmas (TO)
São Luís fica a 2..915 quilômetros de São Paulo (SP)
São Luís fica a 3.141 quilômetros do Rio de Janeiro (RJ)
São Luís fica a 1.996 quilômetros de Brasília (DF)
São Luís fica a 1.581 quilômetros do Salvador (BA)
São Luís fica a 1.559 quilômetros de Recife (PE)
São Luís fica a 2.458 quilômetros de Belo Horizonte (MG)
São Luís fica a 3.316 quilômetros de Curitiba (PR)

Saiba como chegar a São Luís do Maranhão

Pela estrada

Por via terrestre, o acesso a São Luís é realizado via Rodovia BR 135, que liga imediatamente essa cidade ao continente e passa por estados como Minas Gerais, Bahia e Piauí. 

São Luís conta com um terminal rodoviário interurbano de onde chegam e partem linhas regulares de ônibus para diversas cidades do Maranhão e do país. O Terminal Rodoviário de São Luís conta com guichês para compras de passagens, pontos de táxis, paradas de ônibus urbanos, lojas comerciais, farmácia e conveniências, restaurantes, caixa eletrônico de agência bancária, posto policial, uma unidade do Juizado de Menores e um estacionamento rotativo. 

De avião

Existem voos diretos para São Luís, assim como conexões que chegam e partem diariamente do Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado. Localizado na entrada da cidade, o aeroporto opera com companhias aéreas como Azul, Gol e Latam, que ligam esse destino as principais capitais e cidades do país.

De trem 

É possível chegar e partir de São Luís também por meio de transporte ferroviário. A cidade é atendida por um trem de passageiros através da Estrada de Ferro Carajás, administrada pela empresa Vale do Rio Doce, que conecta a capital maranhense à cidade de Parauapebas, no sudeste do Pará. No intervalo entre as duas cidades, a linha ferroviária realiza um total de 15 paradas em municípios do Maranhão e do Pará. 

A compra de bilhetes pode ser feita de forma on-line pelo site ou presencialmente em São Luís na Estação Ferroviária do Anjo da Guarda. 

Pelo Mar 

A cidade conta com duas infraestruturas aquaviárias que operam embarcações marítimas com chegadas e partidas regulares a São Luís:

Ferry Boat: operando o transporte de passageiros, cargas e veículos diariamente esse transporte conecta São Luís à Baixada Maranhense e a região norte do Brasil. O seu acesso é feito em São Luís por meio do Terminal da Ponta da Espera. E em Alcântara por meio Terminal Cujupe. 

As passagens podem ser adquiridas presencialmente nos Terminais (Ponta da Espera e Cujupe) ou de forma on-line no site das companhias que operam os ferrys.

Terminal Hidroviário da Praia Grande (Rampa Campos Melo): localizado no Cais da Praia Grande, na região do Centro Histórico de São Luís (em frente a Casa do Maranhão), o terminal de balsas opera com embarcações pesqueiras e com viagens domésticas diretamente para a cidade de Alcântara (MA), em um trajeto que dura em média 1h e 15 minutos. O horário de partida e chegada das embarcações varia conforme o nível do mar no início e no final do dia. 

O calendário com o horário das viagens diárias e mais informações pode ser conferido nos canais oficiais de comunicação das duas empresas que operam no Terminal: Lancha Bahia Star (@lanchabahiastar) e Iate Luzitana.

Clima

Neste destino turístico onde evidencia-se o patrimônio arquitetônico, cultural e a natureza como os elementos que diferenciam, encantam e adornam a experiência dos visitantes, o clima é tropical com duas estações bem definidas e intensidades de sol e chuva que apresentam diferentes níveis conforme o período do ano.Em dezembro, normalmente, as chuvas apresentam baixo volume. Acentuam-se nos meses subsequentes chegando ao seu ponto alto em fevereiro, março e abril. 

Essas condições climáticas garantem com que as atividades ao ar livre, incluindo passeios, possam ser realizadas durante todo o ano, o que também tem ajudado a cidade a manter o seu fluxo turístico. 

Na maior parte do ano a capital registra temperaturas mínimas de 24°c (principalmente à noite) e de máximas com variações entre 30° e 34°c. Devido a localização litorânea e a sua proximidade com a Linha do Equador, a cidade conta com ventos que ajudam a dissipar elevadas temperaturas permanentemente. Em dezembro, normalmente, as chuvas apresentam baixo volume. Acentuam-se nos meses subsequentes chegando ao seu ponto alto em fevereiro, março e abril. 

O período de maior movimentação turística em São Luís é entre junho e dezembro. Em junho e julho a cidade celebra a maior expressão da sua cultura popular. É neste mês que acontecem as melhores festas em homenagem a São João, com apresentações de grupos de Bumba meu boi, Cacuriá, Tribos de Índio, Dança do Côco, Dança Portuguesa, Tambor de Crioula entre outras, em ‘arraiais’ espalhados pela capital. 

Corrente elétrica para eletrodomésticos 

Assim como em boa parte do nordeste, a voltagem da tensão elétrica doméstica de São Luís do Maranhão é de 220v

Transporte público em São Luís

O transporte público de São Luís é alimentado por dois sistemas que operam com linhas de ônibus urbanas (São Luís) e semi urbanas (Região Metropolitana). A cidade não possui metrô ou veículos sobre trilhos disponível para o transporte de passageiros, mas conta com cinco Terminais de Integração capazes de interligar todas as linhas desse sistema. 

Os ônibus circulam durante todo o dia. Iniciam suas rotas por volta das 5h da manhã e seguem em circulação até o início da madrugada. Após esse período a cidade é atendida pelos chamados ‘corujões’, linhas que rodam de madrugada atendendo algumas regiões da cidade.

A tarifa para o uso do ônibus é paga em dinheiro, cartão estudantil ou vale transporte. Não existe um cartão específico para que os visitantes utilizem os ônibus, devendo estes fazer o pagamento  da tarifa no momento de acesso ao transporte ou no terminal de integração em que embarcam.

No bairro da Praia Grande, localizado no Centro Histórico de São Luís há o terminal de integração que leva o mesmo nome deste bairro. Por meio deste terminal o turista pode ter acesso a todas as regiões da cidade, incluindo as praias, parques, shoppings, faculdades, rodoviária, aeroporto e centros comerciais. Em São Luís do Maranhão, os passageiros sobem pela porta da frente e descem pela porta de trás.

Aluguel de bicicleta

As praias mais belas para você viver e explorar sob duas rodas. Os passeios de bicicleta em São Luís são um grande atrativo para quem valoriza bem estar, beleza natural e sensação de liberdade.

Muito praticado também por moradores da ilha, o serviço de bikes compartilhadas (adulto e infantil) é oferecido por empresas privadas que se distribuem estrategicamente para oferecer um serviço de locação seguro no Espigão Costeiro (Ponta d’Areia) e ao longo da Avenida Litorânea, atravessando a orla da Praia de São Marcos, Praia Litorânea,  Praia do Caolho e Praia do Olho d’Água.

Ao longo de toda essa extensão do calçadão da Avenida Litorânea, o turista encontra iluminação, segurança, sinalização e uma ciclovia próxima a quiosques, restaurantes, lanchonete, bares-pubs, bares e hotéis.

Aos domingos parte da Avenida Litorânea é completamente interditada, permitindo aos turistas e a população que utilizem livremente todo o espaço para a prática de atividades esportivas e de lazer.

Onde estacionar meu motorhome em São Luís do Maranhão?

Para os adeptos do estilo de vida que adotam o motorhome como lar, São Luís oferece estacionamento público no seu Espigão Costeiro, um dos principais cartões portais do destino turístico.

O Centro de Atendimento ao Turista oferece orientação personalizada para a melhor experiência em São Luís

A Hospitalidade e Suporte ao Turista que Transformam sua Experiência na Capital Maranhense

A hospitalidade de São Luís é o que garante aos turistas que visitam a capital maranhense uma experiência diferenciada para além dos monumentos, paisagens e manifestações culturais que os visitantes encontram por aqui durante o ano todo. E para garantir o máximo de aproveitamento durante a sua estadia, a cidade conta com o Centro de Atendimento ao Turista com um serviço que tem como propósito garantir informações oficiais aos turistas para que eles possam curtir da melhor forma a cidade de São Luís.

O serviço é gratuito e pode ser acessado por qualquer turista que deseje aprimorar a sua viagem a São Luís e necessite de auxílio para descobrir onde ficar, o que fazer e onde ir. Por meio da Central de Atendimento ao Turista, por exemplo, é possível adquirir mapas e os roteiros que integram os principais pontos turísticos da cidade, assim como a programação de atividades, horários de funcionamento e até orientações sobre onde você pode se hospedar de acordo com o seu perfil de turista, considerando as suas intenções e preferências, assim como o seu tempo de estadia na cidade Patrimônio Mundial.

Por meio do CAT você tem acesso:

Informações turísticas de São Luís: Programação de atividades culturais, calendário de eventos especiais, sazonais e mais.

Orientações: Orientações sobre como chegar a determinados locais dentro e fora do Centro Histórico, quais os melhores meios de transporte e horários para visitação.

Sugestões personalizadas de roteiro com base no tempo de estadia e nas preferências do turista.

Material promocional e Suporte 

É disponibilizado materiais como mapas, guias turísticos e outras peças informativas que ajudam os turistas a economizar tempo sem correr o risco de deixar de visitar um lugar importante. Além disso, a Central de Atendimento ao Turista conta com uma equipe especializada que trabalha na resolução de dúvidas e orientações de diretrizes locais, garantindo assim a todos que chegam na ilha uma experiência de turismo segura.

Atendimento Presencial e On-line | Idiomas: PT/EN

A Central de Atendimento ao Turista mantém um ponto físico de atendimento localizado no coração do Centro Histórico de São Luís, no Museu da Gastronomia Maranhense (Rua da Estrela, N° 82).

A Central de Atendimento ao Turista da Prefeitura de São Luís mantém um ponto físico de atendimento localizado no coração do Centro Histórico de São Luís, no Museu da Gastronomia (Rua da Estrela, N° 82), com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 8h as 18h, e aos sábados e domingos das 10h às 16h.
Além disso, a Prefeitura por meio da sua Secretaria Turismo oferece o chamado CAT Itinerante, ação que percorre diversos pontos do destino, eventos, festivais, mercados e feiras que recebem os turistas na ilha.

Aos domingos das 9h às 15h, o turista encontra a Central de Atendimento ao Turista na Feirinha São Luís. Neste evento regular a equipe do CAT oferece informações turísticas, orientações, atendimento e fornece detalhes sobre produtos artesanais, culinária típica e outras mercadorias disponíveis na feira.

CAT Maranhão

Em São Luís, há também em funcionamento o serviço de Central de Atendimento ao Turista, que pode ser encontrado no Aeroporto, Rodoviária, Ceprama, Cujupe, Espigão Costeiro e no Centro Histórico, na Praça Pedro II. Com funcionamento todos os dias da semana, inclusive feriados e finais de semana, das 7h às 19h. 

Roteiro Inteligente 

Quem visita a nossa cidade ou até mesmo quem está se preparando para desembarcar em São Luís como seu próximo destino turístico, pode ter acesso aos serviços do CAT de forma on-line.

Esse atendimento é realizado por meio do aplicativo WhatsApp através do número (98) 99158-4947, para onde o turista pode enviar mensagem. 

Além disso, a cidade conta com outros canais de comunicação voltados à divulgação dos atrativos naturais, históricos, culturais e gastronômicos da ilha. Vale dar uma conferida em outras sessões aqui no site e na rede social de Destino no Instagram: @turismo.saoluis