Viva intensamente o Bumba Meu Boi descobrindo os bastidores dessa manifestação cultural

Antes mesmo das festividades nos meses de junho e julho, os barracões do Bumba Meu Boi em São Luís abrem suas portas, revelando a magia por trás dessa tradição. Explore a arte e a inventividade, enquanto os artistas produzem instrumentos, como matracas e pandeirões, e confeccionam indumentárias deslumbrantes com canutilhos e paetês.

Uma chance única de vivenciar o brilho exclusivo dessa festa e que pode ser aproveitada em três momentos: ensaios, batizado e ritual da morte do boi, oportunidades onde os visitantes podem testemunhar a devoção e a conexão profunda entre a festa profana e a celebração dos santos católicos.

Viva os ensaios abertos

De abril a maio, os grupos abrem suas portas para ensaios abertos, oferecendo uma experiência extraordinária. Aqueça-se para as festividades participando dessas apresentações, mergulhando na cultura popular e incentivando a preservação desse patrimônio maranhense.

Durante as visitas aos barracões e sedes dos grupos de Bumba Meu Boi, você também vai compreender a dinâmica dos aspectos históricos da manifestação, a identificação do estilo ou sotaque, a composição do grupo, o calendário festivo (datas do batismo, ensaios, morte do boi e de outros eventos programados de interesse turístico-cultural existentes na comunidade), acesso ao acervo memorialístico do grupo – indumentárias e instrumentos, registros em dvd’s, gravações em vídeo e em cd’s, notícias em jornais, revistas entre outros.

Abertos ao público, os ensaios tornam-se um roteiro divertido para quem deseja entrar no clima do São João. Alguns grupos, além de suas sedes, levam suas apresentações itinerantes aos mais diversos bairros da cidade, atraindo a atenção não apenas dos locais, mas também de turistas, pesquisadores e entusiastas da rica manifestação cultural.

Participe do Ritual do Batismo

No dia 23 de junho, véspera do Dia de São João, testemunhe as cerimônias de batismo que marcam o início oficial das festividades. Com água benta e a presença de líderes espirituais, a conexão entre a festa profana e a devoção aos santos se revela. Um momento sagrado que prepara o Bumba Meu Boi para sair às ruas e encantar a cidade.

Conheça o Ritual da Morte do Boi

Um dos momentos mais marcantes da tradição, o ritual de morte do boi é uma celebração única no estado do Maranhão. Mergulhe na narrativa dramática que envolve música, dança, teatro e religiosidade, proporcionando uma experiência rica e emocionante. 

No centro dessa celebração está a história do boi, representado por um grande e colorido figurante, que é a personificação do animal. O enredo gira em torno da morte e ressurreição do boi, com personagens que desempenham papéis distintos, como o vaqueiro, a índia, o pajé e o fazendeiro. O conflito se desenrola de maneira dramática, culminando na morte simbólica do boi e, posteriormente, em sua ressurreição.

Durante o ritual de morte do Bumba Meu-boi, os turistas têm a chance de vivenciar a intensidade das apresentações, participando da festa dançando, cantando as toadas ou tocando os instrumentos, ou apenas observando as coloridas indumentárias dos brincantes e sentindo a energia contagiante que permeia o ambiente.

Alguns grupos de Bumba Meu Boi

Entre os barracões mais conhecidos dos grupos de bumba bois das cidades de São Luís e Paço do Lumiar estão: o Boi da Maioba; Boi de Maracanã, Boi da Pindoba; Boi de Iguaíba; Boi da Madre Deus; Boi de Pindaré; Boi Unidos de Santa Fé; Boi da Fé em Deus; Boi Brilho da Ilha; Boi da Floresta de Apolônio; Boi da Liberdade de Leonardo; Boi Barrica; Boi de Morros e Boi de Nina Rodrigues.

A programação das apresentações, ensaios, batismo e ritual da morte do boi pode ser conferida nos canais de comunicação oficial dos grupos nas redes sociais e também por meio do site Caminhos da Boiada.