Centro Histórico de São Luís

São quase quatro mil imóveis tombados pelo Iphan. Destes, mais de mil foram reconhecidos pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade. São praças, ruelas e largos altamente fotogênicos recontando a fábula da fundação e conquista de São Luís. O bairro deve ser desbravado a pé. Para conhecer os principais atrativos calmamente são necessários, pelo menos, dois dias inteiros.

CASA DO MARANHÃO


Antes de entrar na Rua Portugal, quase em frente ao Terminal da Integração da Praia Grande, você encontra o antigo prédio da Alfândega (1873)  que abrigava um museu sobre a história do Bumba Meu Boi. O museu fechou e agora o local é sede provisória do CEPRAMA (Centro de Produção de Artesanato do Maranhão). Aqui você acha toda sorte de lembrancinhas em cestaria, imãs de geladeira, bordados, camisetas e tear.  Funciona de segunda a sábado, 9h às 18h30 e domingo, 9h às 18h.

RUA PORTUGAL


Comece seu passeio pela Rua Portugal. Aqui está o Centro de Informações Turísticas, onde você pode obter informações e mapas. (Detalhe: no meu primeiro dia na cidade, os mapas — tanto do aeroporto quanto daqui — haviam acabado!).

Sao Luis Maranhao Pontos Turisticos Matraqueando Expedicao Brasil 05

A rua reúne o maior conjunto de casarões revestidos com azulejos coloniais. A técnica de revestimento utilizada pelos portugueses servia para refletir a luz do sol e amenizar o calor que fazia (e faz) na região. Neste pequeno trecho do centro histórico está o Museu de Artes Visuais e diversas lojinhas de artesanato.

CASA DO NHOZINHO


A Casa do Nhozinho faz um apanhado do melhor da arte maranhense. O museu está instalado num casarão de 4 andares e revela um arsenal de ideias e objetos do cotidiano regional. São peças indígenas, utensílios de pesca, carros de boi, cofos e uma ala inteira dedicada ao artista que deu nome ao museu.

Mestre Nhozinho foi um dos mais destacados artesãos maranhenses. Mesmo acometido por uma doença degenerativa foi mestre na talha de buriti e o primeiro a representar a festa do bumba meu boi em miniatura. Uma das melhores visitas do centro histórico de São Luís. Rua Portugal, 185. Funciona de terça a domingo, 9h às 18h. Grátis.

CASA DAS TULHAS


No final da Rua Portugal você cruza com a Rua da Estrela. Bem no centro desta rua está a Casa das Tulhas, uma construção circular de 1820 com lojas de produtos regionais como cachaça, farinha, doces, guaraná jesus (o refrigerante rosa) e tiquira (um destilado de mandioca considerado afrodisíaco).

Sao Luis Maranhao Pontos Turisticos Matraqueando Expedicao Brasil 40

Tambor de Criola 1 Sao Luis Turismo Matraqueando Expedicao Brasil Express 6

Todas às sextas-feiras, a partir das 19h, há apresentações espontâneas de Tambor de Crioula, uma dança de roda típica do Maranhão que, em 2007, recebeu o título de Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro. A Casa das Tulhas funciona de segunda a sexta, 6h às 20h; sábado, 6h às 18h e domingo, 6h às 13h.

PALÁCIO DOS LEÕES


De costas para a Casa das Tulhas, tome seu lado esquerdo e suba a Rua da Estrela em direção à antiga fortaleza de São Luís erguida pelos franceses. (Aliás, foram os franceses que fundaram São Luís em 1612, mas a cidade foi retomada pelos portugueses três anos depois.)

Sao Luis Maranhao Pontos Turisticos Matraqueando Expedicao Brasil 46

Hoje, a fortaleza é sede do governo e tem linda mobília e lustres dos séculos 18 e 19. Visitas guiadas às segundas, quartas e sextas, das 14h às 17h30. Grátis.

Sao Luis Maranhao Pontos Turisticos Matraqueando Expedicao Brasil 06

MATRIZ DA SÉ


A três quadras do Palácio dos Leões está a Matriz da Sé. Tem estilo neoclássico e altar-mor revestido de ouro. Praça D. Pedro II. Grátis.

TEATRO ARTHUR AZEVEDO


Ao lado da Matriz tome a Rua do Sol rumo ao Teatro Arthur Azevedo. O teatro — muito parecido com o de Manaus e com o de Ouro Preto — foi erguido por comerciantes portugueses no auge do ciclo do algodão no estado. Tem estilo neoclássico com detalhes em rococó. A visita — somente guiada — leva ao salão nobre, galerias, camarotes e palco. Rua do Sol, 180. De terça a sexta, 14h às 17h. Entrada: R$ 2.

Sao Luis Maranhao Pontos Turisticos Matraqueando Expedicao Brasil 10

MUSEU HISTÓRICO E ARTÍSTICO DO MARANHÃO


O enorme casarão é um belo passeio pelo retrato da elite maranhense do século 19. Móveis, livros e mobília revelam o dia a dia e os costumes de uma época que marcou profundamente a história, a cultura e a economia do estado. Por todos os cômodos, por exemplo, estão espalhadas as escarredeiras — usadas para cuspir o tabaco. (Era hábito mascar o tabaco e depois cuspi-lo. Argh!)

Na biblioteca está o manuscrito original do livro O Mulato, de Aluísio de Azevedo. Não pode fotografar lá dentro. Rua do Sol, 302. Funciona de terça a domingo,  9h às 17h30. Entrada: R$ 5. O ingresso dá direito à entrada no Museu de Arte Sacra (não visitei) que fica num prédio anexo.

Sao Luis Maranhao Pontos Turisticos Matraqueando Expedicao Brasil 44

CENTRO DE CULTURA POPULAR DOMINGOS VIEIRA FILHO
De volta ao epicentro do casco histórico de São Luís, você pode visitar o Centro de Cultura Popular, também conhecido como Casa da Festa. O museu, instalado num enorme casarão colonial, é uma mostra de roupas, adereços e objetos usados na festas e rituais religiosos do estado como Tambor de Crioula, Candomblé, Tambor de Mina, Bumba Meu Boi, Festa do Divino, etc. Rua do Giz, 221. Funciona de terça a domingo, 9h às 18h. Visita guiada R$ 2.

OUTRAS OPÇÕES


Convento das Mercês

O antigo convento abriga o Memorial José Sarney. Vi algumas fotos bem bonitas da construção, mas não consegui visitar porque estava fechado no dia em que fui lá. (Embora fosse dia normal de visitação). Rua da Palma, 502. Funciona de segunda a sexta, 14 às 18h. Somente visita guiada. Grátis.

Cafuá das Mercês

Fica em frente ao convento. Era um antigo mercado de escravos. Hoje, virou o Museu do Negro com vestimentas de grupos africanos, mas com pouca referência à história do negro no Maranhão. Entrada: R$ 2.